terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Capítulo 11 - I'm Alive, You?....Not So Much

HEY HEY HEY! 
Olá meus pequenos assassinos *u*
Mais um capítulo...
Ainda não leus os outros capítulos? Clique aqui.
Capítulo 11  
I'm Alive, You?...Not So Much
Acordei, minha cabeça estava latejando, também, depois de ontem, eu não esperaria outra coisa…
– Bom dia, ressaca pós balada?
– Infelizmente - respondi –
– Eu posso curar essa ressaca rapidinho…
Depois de muito tempo de beijos e amassos as 7 horas da manhã, nos levantamos, eu peguei meu notebook e fui checar as redes sociais, sim, eu sou uma adolescente, e como tal gosto de internet, mas, provavelmente uma adolescente muito muito, muito mais perigosa do que qualquer outra, na verdade, mortalmente perigosa.
Abri meu e-mail, havia recebido uma nova mensagem, que dizia:
“Game Over, girl of Cutting”
Em baixo disso tinha o link de um blog, eu cliquei e...
DROGA, DROGA, DROGA, AQUELA VADIA DA ASHLEY NÃO FEZ ISSO... – pensei –
– Fox, vem cá agora!
– Ok, Ali, mas, o que foi?
– A Ashley...
Mostrei o e-mail e o blog para ele, sim, a Ashley havia postado o vídeo no blog dela, dessa vez ela iria pagar...
– Aquela filha da p...
Antes dele poder completar a frase, eu recebi outro e-mail, esse tinha um print...A vaca da Ashley tinha mandado o link do blog e o vídeo para todas as pessoas no colégio! Aquela vadia me paga...
– Ah, mas, é hoje que eu cometo meu primeiro assassinato!
– Você vai matá-la?
– Não, só vou torturar, bastante...
– Vá em frente, aprovo sua vingança. – eu ri –
– Como adulto você não deveria me impedir de fazer besteiras?
– Ahá! Então eu sou mesmo um bom ator...
– Em?
– Até você caiu na minha ceninha de professor sério e comportado...
– Hahahaa.... então, me dá permissão para ir até a casa da Ashley e acabar com aquela vadia?
– Cem por cento de aprovação, pode ir, desde que não mate ela, e se matar esconda o corpo bem escondido, eu deixo...
Sai do apartamento correndo, levando a minha faca comigo, é claro...Não tinha bem um plano certo, só sabia que eu iria fazer aquela vadia apagar o vídeo, fosse por bem ou por mal...
Como eu iria entrar na dentro? Fingimento. Quem resiste aos meus belos olhos claros? Com um pouquinho de falsa e inocência e uma boa desculpa eu conseguiria chegar lá.
Toquei a campainha da casa da Ashley, casa é eufemismo, a Ashley mora em um casarão, acho que daria mais de três casas onde eu morava quando ainda tinha uma vida...onde eu morava lá em Thunderbolt.
A empregada abriu a porta:
– Oi, é...A Ashley está? Eu gostaria de falar com ela sobre um... um trabalho de educação física que temos que fazer juntas... – Falei, fazendo uma voz doce e cheia de inocência, que fez a empregada cair direitinho e fazer a mulher ficar até meio hipnotizada em meus olhos –
– Sim, ela está no quarto, pode subir...
Eu subi as escadas correndo, tirei a faca de dentro da bolsa e entrei no quarto, silenciosamente, o quarto dela era horrorosamente cor-de-rosa, paredes rosa chiclete, móveis brancos, cortinas em um tom de violeta e outros detalhes nessa mesma combinação de cores.
Ela ainda não havia notado a minha presença, então, eu resolvi assutá-la:
– Olá Ashley, a quanto tempo.. – Falei, com a mesma voz doce que tinha usado anteriormente –
– A-Alicia, o que você está fazendo aqui? – ela estava com medo, sentia isso na voz dela –
– Ah, Ashley, você sabe... Você sabe perfeitamente bem.. – coloquei a faca perto do pescoço dela –
– Alicia, você sabe que pode se dar muito mal se tentar fazer algo!
– Não, Ashley...você é que vai se dar muito, muito mal...
– Se você fizer algo eu grito!
– Se você gritar eu te mato.. –forcei a faca contra o pescoço dela, mas, sem realmente machucá-la
– O que você quer?
– Você sabe! Retire o vídeo do seu blog e do youtube!
– Ok, ok, tudo bem... – eu fiquei lá até ela tirar o vídeo dos seus três blogs, sim, três! E do canal do youtube –
– Pronto, tirei o vídeo, feliz agora?
– Não...
– COMO ASSIM NÃO?! O TRATO FOI, EU TIRAVA O VIDEO DA INTERNET E VOCÊ IA EMBORA!
– Sim, mas, você enviou o vídeo para a escola inteira, Ashley...e precisa pagar por isso...
– O-O que você vai fazer? - Ela estava amedrontada –
– Ah, nada que você não mereça, Ashley...nada que você não mereça. – fiz um corte em formato de X nos ombros dela, o que a fez gritar de dor –
– VOCÊ FICOU MALUCA?!
– Não grite, está apenas pagando pelos seus erros...Cuidado, Ashley, isso é apenas o começo..
– O que quer dizer com isso?
– Vou te dar apenas uma dica, Ashley...
– O que quer dizer com isso? – disse ela, chorando -
– Onde há uma suicida, sempre há uma assassina...
Eu sai do quarto dela e voltei para o apartamento, missão cumprida, coloquei a Ashley no lugar dela, pelo menos por um tempo...
– Matou a Ashley? – perguntou o Fox –
– Não, ainda não...
– Ah, bem que você podia ter feito isso...
– Prefiro torturá-la...
– Ela tirou os vídeos da internet?
– Sim, mas, ainda tem mais..
– O que?
– Ela enviou para toda a escola, todo mundo já sabe...
–Droga! Mas, agora, esqueça isso... você é que será torturada, mas, de outra forma...
– Hmm, comecei a gostar... então, torture-me.
O fim de semana com o Fox foi simplesmente perfeito, mas, infelizmente a segunda-feira chegou...
– Preparado para a grande descoberta de todos? Muahahah – disse, com uma voz assustadora enquanto tomávamos café – Se bem que todos já sabem...
– Não, não estou preparado, e quando a diretora souber, estaremos mortos...
– Ela já sabe.
– O que?
– Eu perguntei a Ashley, ela mandou um e-mail pra ela também...
– Aquela filha da p...
– Pra mim dá no mesmo, só mais gente me olhando estranho...
Fomos para a escola, como eu adoro provocar as pessoas, nós entramos juntinhos, abraçados, todos estavam olhando, ah, é tão bom provocar...
No meio da aula de matemática a diretora entrou na sala:
– Alicia, posso falar com você em minha sala?
– Ah, pra que irmos até lá? Todos sabemos sobre O QUE você vai conversar comigo, graças a uma filha de satã por aí... – falei, olhando para Ashley com um olhar ameaçador –
– Tudo bem, já que prefere assim... É verdade que você está tendo um caso com o professor Fox?
– Talvez sim, talvez não... mas, acho que essa tal filha de satã confirmou de uma certa forma...
– Alicia, venha para a diretoria comigo, agora...
– Você se vacinou?
– O que?
– É que eu não quero pegar raiva, diretora....E, talvez eu esteja tendo algo a mais do que um casinho com o meu professor...Mas, o que tem de mais? A culpa não é minha se a senhora não lembra da época dos dinossauros onde você namorava os tiranossauros Rex que tinham que agüentar toda a sua beleza... – os alunos conteram o riso –
– O QUE VOCÊ DISSE?
– O que foi? Eu apenas fui sincera...É a verdade, você querendo admitir ou não...
– ALICIA! VOCÊ ESTÁ EXPULSA!
– GRAÇAS A DEUS, OBRIGADO SENHOR, OBRIGADO DEEEUS, FINALMENTE, FINALMEENTE!
– Já pode se retirar do meu estabelecimento estudantil...
– Com todo prazer, mas antes... – eu tirei o meu isqueiro do bolso -
---
Cutting & Blood
*xoxo*
Lady Suicide
--->*<---

4 comentários:

  1. nossa ja estou viciada. adoro as suas historias é muito boa aliais são otimas. vc podia postar 2 veses por dia haaa beijus http://lly-llycomvc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahah' Obrigada! 2 vzs por dia eu ´posso tentar hauhe'

      Excluir
  2. Tô viciada já!Como diz o comentário aí encima,tu poderias postar 2 vezes por dia,se você der conta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haeu' as vezes eu posto, mas, é meio díficil 2 blogs 2 histórias 1 delas 2 vzs por dia fica dificl haueh' mas, eu posso tentar... kk' (= que bom que gosta kk'

      Excluir